terça-feira, janeiro 31, 2017

Conversa desajeitada

Conversa de quem quer algo, de forma volátil, numa paróquia que tem à sua frente três padres. Olhe, diz ela para a funcionária do cartório, quando é que posso falar consigo para marcar umas coisitas? A funcionária perguntou de que coisas se trata, e ela respondeu que, como agora há três padres na terra, se podem fazer coisas que antigamente não se faziam. Mas o quê, retorquiu a funcionária. Assim, como batizar o meu neto e o meu genro no mesmo dia. A funcionária esclareceu que isso se poderia, eventualmente, fazer, desde que o genro fizesse catequese. A resposta da senhora foi um Isso é que vai ser mais complicado. Queria fazer-lhe uma surpresa e mandar-lhe a água para a cabeça e um dos teus três padres rezava e pronto. Não dá para fazer assim? Como a senhora não parava quieta e parecia querer escapulir-se da conversa, a funcionária reiterou que tinha que falar com um dos sacerdotes. Um quê? Perguntou. Um dos padres. Ahhh, ok, eu gosto muito daquele dos olhos azuis. Sim, talvez seja. Ficou contente e mudou de caminho em direção a casa com um boa noite e Ainda bem que é o girinho que vai falar comigo. E assim terminou uma conversa profunda de um cristão profundo.

13 comentários:

Anónimo disse...

Ihihihih...
Padre sera que tmbem posso pedir ao sr.dos olhos azuis se pode dizer umas coisas e tal...
Daquelas que dizem na missa e depois pronto passa um papel e viro diacono!
Tao depois a gente janta e tal...
Nao é preciso ir à missa pois nao?
E ja agora perdoue.me la os pecados tbm que eu nao posso ir à igreja...
Vai dar o benfica sabe como é....
Ah...e claro depois tbm podera combinar o jantar conosco e assim evitamos perder tanto tempo!

Anónimo disse...

Hehe, sai um baptizado surpresa servido pelo padre dos olhos a azuis !!!

Anónimo disse...

o melhor cristianismo profundo do Portugal profundo! hehehe

Anónimo disse...

E deixe-me adivinhar. A paróquia era a sua e o padre de olhos azuis e giro era o Padre que escreve este post.
Agora sim, tenho a certeza. Corresponde mesmo a ideia que eu fazia de si.
EhEhEh.
Maria Ana

Confessionário disse...

Será, Maria Ana?! ahahah

Anónimo disse...

É pois....tenho absoluta certeza disso!

Unknown disse...



Opá!!!! A sério??

Eu faço ideia... E devem ser tantos os episódios parecidos a esse, todos os dias!
Eu também acho que o padre dos olhos azuis poderá ser o autor deste post, eheh... é que já vi que o humor é um traço seu e quem sabe isso, poderá fazer com se encare tudo com outra leveza, seriedade sim, mas leveza também!

Gui disse...

Facilite a sua vida e diga-lhe que tem de falar com o presbítero. Mas cuidado que a senhora pode ficar ofendida...

Anónimo disse...

São mesmo conversas desajeitadas. Inúteis duma leveza incrível...
Que mais tem o Padre de olhos azuis ou pretos.
O que importa é que seja presença de Jesus Cristo!!!!!!!!!

JS disse...

É difícil levar a mal uma avó que quer que neto e genro sejam baptizados (dois coelhos duma cajadada).
E as coisas têm mesmo de ser assim tão complicadas? Coitado do diácono Filipe se vivesse neste tempo...

Anónimo disse...

ahahah, isto é super cómico e triste ao mesmo tempo, mas deixemos tristezas de lados e vamos vir, porque rir é o melhor remédio.

Anónimo disse...

É hilariante! Eu, que tantas vezes questiono a minha fé, com estes "exemplos" percebo que no fundo não sou assim tão vazia quanto por vezes me pareço.
Obrigada pelas partilhas. Lei-o muitas vezes e normalmente consola-me a alma. Desta vez provocou umas boas gargalhadas!:-)

Anónimo disse...

O que eu me ri, padre, sobretudo quando algumas pessoas aqui gostavam de o ver com olhos azuis!