quinta-feira, maio 17, 2012

Esta é para ti, Diana, parte VI, a vida

Estávamos ali. Vivos. A falar como era nosso costume. Da vida. Tu sempre soubeste o que a vida vale, Diana. Sempre soubeste aproveitar cada minuto como se só existisse esse. Tu sim, sabes viver. As jovens da tua idade são, na maioria, fúteis. Porque não tiveram a graça que tu tiveste de sofrer desta forma. Eu sei, padre, e agradeço a Deus. Insisti que tinha mesmo muito a agradecer a Deus. Ela acenou que sim. Aquilo que pareceu, à partida, uma desgraça, acabou por te dar uma graça. Aquilo que nos parece a todos uma desgraça, acabou por te dar a graça de saberes viver e de saberes dar valor à vida que tens em cada segundo que ela exista. Eu sei, disse. E foi um Sei como se fosse o maior Sei. Tu és de Deus. Eu sei, disse. Para mim tu és santa. E apenas sorriu. Agradece o dom da tua vida a Deus. Faço-o todos os dias, respondeu. Na despedida perguntei-lhe como estava. Ela respondeu com os braços a fazer um círculo grande. Mais cheia, quis dizer. Obrigada, padre. Fez círculos grandes até eu sair pela porta de quarto dos paliativos. Voltei para trás e disse. Eu é que agradeço. Eu é que agradeço, repeti. Saí e depois disse baixinho. Obrigada, Senhor, por me teres posto esta tua joia na minha vida.

16 comentários:

Filha de Maria disse...

Louvado Seja Deus...

Rosa disse...

Não tem palavras,Deus dá-nos a todos uma missão na vida para cumprir,comunicar, transmitir,ninguém passa pela nossa vida por acaso,existe sempre uma mutualidade,e todos nós temos tanto que aprender,muitas vezes deixamos que a vida passe por nós sem lhe darmos o devido valor, e de repente algo acontece que tudo muda.
A Diana é um exemplo de coragem,amor e sobretudo muita fé.
Não a conheço, mas lhe mando um beijinho muito grande e também ao Senhor Padre,não mude,continue a dar tudo de SI.
Vou apenas fazer uma pergunta:A Diana pertence à nova Comunidade onde o Sr.Padre exerce o Seu Ministério?Penso que sim...
Dá que pensar,é que nós por vezes não percebemos os desígnios de Deus ,mas ELE conhece-nos e conhece o nosso caminho,nada é em vão.
Bem haja

Confessionário disse...

Não, Rosa

Pertence às antigas comunidades!

Rosa disse...

É uma prova que Deus LHE pôs no caminho,porque Deus é só um as comunidades é que são muitas,e nós temos que nos pôr ao serviço de quem precisa de nós,é muito difícil,eu sinto e compreendo,nós deixarmos para trás tanta gente que amamos.Na mesma altura fiquei sem o meu Prior que foi quem me levou a encontrar Jesus,senti,sinto muito a falta DELE e sei que ELE também sofreu,penso que é um pouco ingrato para ambas as partes.
Muitas vezes pensei como nos contou um dia de um menino,eu fazia o mesmo se pudesse, mudava ou punha umas rodas na casa.
Só à uma certeza, eu venho Senhor para fazer a Vossa Vontade e nada mais.

Maria disse...

Deve ser uma grande graça privar com uma pessoa assim! Deve ser como ver o céu na terra. Nas vossas conversas Jesus está no meio de Vós e participa delas.
Abraço.
Maria

Joana disse...

Joias raras!

Por isso sempre as mais valiosas!

Talvez por isso mesmo, a sua passagem pela Terra seja tão fugaz.
Essas joias trazem-nos uma pequena mostra, do que é verdadeira vida.
Mas mesmo assim, teimamos em não aprender!!

Bjs :)

Anónimo disse...

A sua Diana é amada e por isso tem toda a força de mundo. É muito bom quando tocamos e nos sentimos tocados.

Quem experimenta o Amor experimenta Deus.

Continue a evangelizar com a vida, Padre.

Abraço

Anónimo disse...

Tenho umas perguntas a fazer ao padre confessionário, porque só passado 3 anos volta aos textos da Diana, já que os dois primeiros foram escritos em 2009?

Porque não partilhou estas coisas bonitas, há mais tempo conosco? Porque esperar partilhar o bem?

Tou a gostar muito!!

Confessionário disse...

Olá, Joana
Fiquei a pensar nesta tua frase ("Talvez por isso mesmo, a sua passagem pela Terra seja tão fugaz."), pois nunca tinha pensado nisto. Se calhar é mesmo assim!

Confessionário disse...

Olá, anónimo de 17 Maio, 2012 21:35

Eu espero que desde 2009 tenha partilhado algumas coisas bonitas!! hehehe

Pois, mas agora chegou a hora de partilhar as minhas conversas com a Diana no Hospital. Foi agora! E irás tb perceber melhor com os novos capítulos desta pequena "novela".

Anónimo disse...

Vivemos demasiado às pressas, faz-nos falta a todos viver cada momento e saboreá-lo como se fosse o ultimo...a Diana sabe fazê-lo e através dela e de outras Dianas como ela Deus passa e evangeliza...
São sempre os doentes que nos evangelizam...Graças a Deus pela Diana.

Luisa

Luisa disse...

Vivemos demasiado às pressas, faz-nos falta a todos viver cada momento e saboreá-lo como se fosse o ultimo...a Diana sabe fazê-lo e através dela e de outras Dianas como ela Deus passa e evangeliza...
São sempre os doentes que nos evangelizam...Graças a Deus pela Diana.

Luisa

Anónimo disse...

esta jovem deve ser santa

Porthos disse...

Meu caro:

As chamas que brilham com mais luz, extinguem-se mais depressa.

No meio de todas as hipóteses que tínhamos de não sermos temos que aproveitar todos os momentos que nos são dados.

Um abraço para ti a pensar em todas as Dianas, mas especialmente na minha...

Anónimo disse...

Gostava de dizer tanta coisa e nao consigo!

Luz disse...

Uma boa noite.
Ando à vários dias para dizer algo, mas faltam-me as palavras certas...

TU estás SENHOR,no rosto da Diana(s),no seu sorriso,na sua dor, na sua esperança,na sua fé em TI, na aceitação da sua cruz (bem dura)unindo-se espiritualmente à Tua.
Um bom fim de semana, para todos.