segunda-feira, dezembro 07, 2015

Miserere II [poema 85]

Estava nas palavras sentado
Quando caiu da cadeira, adormecido
Ficara sem pés, e de joelhos
Caminhava, acordado pela cadeira

Às vezes é preciso cair
Para perceber as palavras

5 comentários:

Anónimo disse...

Neste ano da Misericórdia que hoje começou, que o Senhor Deus nos deixe cair para ser misericordioso connosco, e assim ser sinal da misericórdia que devemos ter com os outros!

Coruja Sábia disse...

Tá de parabéns, um salve de palmas, para nosso amigo padre! Lol
Mas vim deixar um presente todo especial para PAULINA RAMOS...
http://www.youtube.com/watch?v=RhTh1n2s7KE&feature=youtube_gdata_player

PR disse...

Mais um momento de rara e intensa beleza.
"Às vezes é preciso cair
Para perceber as palavras"
Verdade!!!

Paulina Ramos disse...

Olá Coruja,
Obrigada!
As imagens são belas e o texto também, quanto à musica não tive oportunidade de ouvi-la uma vez que as colunas deste computador que estou a usar não funcionam.
Logo à noite usarei este vídeo para iniciar o meu momento particular com Ele.
Fica bem, sê feliz.
Paulina

Anónimo disse...

Travesseiro

Repouso em pensamentos de dias
E deles faço o meu sono presente
Mais chegado a mim que
o despertar a que anseio
Em me ver a adormecer de novo