segunda-feira, outubro 30, 2006

Gostei muito de o ver, senhor padre

Eram para aí umas dez horas. Depois do café da manhã, apeteceu-me, sem explicação, visitar o sacrário. Há dias assim. Poucos, mas há. Nem estava sorumbático. Deu-me. Eu até penso que devia dar muitas mais vezes aos padres. Bem lembro o significado do meu padre lá da paróquia, ainda era eu gaiato, ao entrar na Igreja para passar uns minutos. Um significado de amor profundo a Deus. Um homem de Deus. Bem prega Frei Tomás, faz o que ele diz mas não o que ele faz. Reconheço. Mas aquele dia foi diferente. A porta estava entreaberta. Lá dentro um vulto. Não me assustei, apesar da Igreja ter o seu quê de escuro. Ajoelhei e sentei juntinho ao sacrário. O vulto continuou como se nada fosse. Foram apenas uns minutinhos a minha conversa com Ele. Justifiquei que a maior parte das palavras haviam ficado nas entrelinhas. Rezei duas vezes aquela oração que, após a ter aprendido, rezo todos os dias. Desde pequeno. Ó Jesus, tu és meu amigo, ajuda-me a dizer sempre sim, como aqueles homens pescadores que foram contigo, deixaram os barcos, e confiaram em Ti para sempre. Ajuda-me a conhecer-Te melhor, a não ter vergonha de falar de Ti aos outros, e a ir contigo se Tu quiseres. Levantei-me e dirigi-me para a porta, ainda entreaberta. Batem-me no ombro. Era o vulto, agora reconhecido pelo xaile e pela tez. Bom dia senhor padre. Gostei muito de o ver. Sorri. Ainda não tinha chegado a casa e já eu descortinara algumas das razões daquele cumprimento. Podia ter sido apenas um gesto de quem gosta de ver o amigo. Mas eu pensei no meu pároco, no significado das suas visitas ao sacrário. Ia preparar a homilia para Domingo quando sentei ao computador. Há gestos que pregam mais que mil homilias.

24 comentários:

janaina disse...

Oi, vc ja me conhece,só queria passar e dizer que amo o seu blog, e cada vez mais me surpreendo com seus textos, que são muitos profundos e de inteira intimidade com Deus.Quando leio me transmite muita paz, de verdade.
E agora, eu que falo:
Gostei muito de te conhecer, senhor padre
E é assim quando vou ao sacrario:
Dizia a Ele, gostei muito de te ver e é claro
Ele me diz a mesma coisa. Mas hoje me dia digo a Jesus:
Gostei muito de te conhecer, senhor Jesus, e que essa intimidade aumente cada vez mais....

Andante disse...

Obrigada pela homilia do coração.

Beijos peregrinos

joaquim disse...

Será que as pessoas às vezes não têm aquela sensação que os Padres não precisam de rezar.
Talvez lhes pareça que eles estão mais perto, ou que têm um modo especial de "entrar em contacto" com Deus.
Ao verem o seu Pároco a rezar, a falar com o Senhor no Sacrário, a uma hora em que não há celebração, sentem-se mais perto do Padre, sentem-no "mais homem e menos Padre" se é que eu consigo passar aquilo que quero dizer, sentem-no mais igual ao comum dos pecadores.
Se calhar não consegui explicar aquilo que queria dizer, mas o "gostei de o ver", penso que tem a ver com isto.
De qualquer modo obrigado por este texto.
Ah que não pense que eu estou a dizer que os Padres não rezam, eu sei que rezam e muito e de muitas maneiras.
Abraço em Cristo

O Sobrinho disse...

Espero que esse vulto feito rosto se continue a maravolhar a cada dia com a sua presença.Estamos ali de joelhos cravados no chão por Deus mas,como diz a Mafalda Veiga,"sabe bem voltar-te a ver,sabe bem quando estás ao meu lado.Quando o tempo nos esvazia, sabe bem o teu braço fechado"!Torne Deus presente fazendo-se presente para os seus paroquianos!Ele também são sacrários de Deus!

Fike bem...

elsa nyny disse...

Amigo!!!

Está lindo!!! És Lindo!!!
Por momentos lembrei-me de mim própria...tanta vez...quando ando na cidade, a correr de um lado para o outro, a controlar os minutos...mas, se passo perto da Sé...tenho que entrar...vêm-me sempre ao pensamento as palavras do filósfo:"devagar que tenho pressa"...e paro...e entro...às vezes entro ainda muito apressada...e digo-Lhe..."Vim só ver-Te..."...como que justificado o pouco tempo que posso ali ficar...mas, vou ficando...e já mais calma...digo-Lhe:"...fala, estou aqui para Te ouvir..." e deixo-me ficar...submersa no silêncio...repouso a minha alma, de olhos fechados...como se o tempo tivesse parado...quando parto...e antes de me despedir...digo-Lhe sempre: "Jesus, faz de mim a pessoa que Tu queres que eu seja...pois sózinha não consigo!"
Quando volto para o trânsito, para as pessoas para o barulho...tudo parece que mudou de ritmo...vejo mais sorrisos nos rostos das pessoas...e eu sinto-me em mim a Paz... aquela sensação de coração muito leve...volto a correr...mas, só por fora...

Adorei este momento! e adorei a tua Oração!!!

beijinhos com sorrisos!!!

:)))

guevara disse...

=)

Maria João disse...

Gosto imenso de entrar dentro de uma igreja vazia e estar lá em silêncio. E, de preferência, mesmo junto ao sacrário. A paz que sentimos é extraordinária.

O exemplo que deste a essa pessoa foi muito bonito. Deus sabe o que faz! Tinhas mesmo de lá ir ter com Ele ao sacrário!

Flôr disse...

Eu faço da sua oração, também a minha oração. :D

Que cada vez mais pessoas se cheguem a Jesus, nosso Senhor e Salvador!

Um dia de muitas bençãos para o Sr. Padre.

Um abraço cristão da Flor :D

Ver para crer disse...

Damos pouco tempo a Deus. Eu falo por mim. E são estes momentos que nos ajudam a suportar tanta coisa sem perder a alegria e a esperança.

Olhe o Céu disse...

realmente, como diz a frase "palavras comovem, exemplos arrastam"
amo vir a este espaço, ele foi nossa inspiração.
Acho que já lhe disse isto.
Abraço, padre amigo.
Peregrinos

elisheba disse...

Fé e acção andam juntos!!!:

"Há gestos que pregam mais que mil homilias."

A nossa sensibilidade á voz do Espirito Santo faz-nos
diminuir em nós proprios e crescer no conhecimento e sabedoria de Deus.Ele certamente nos dirigirá em oração eficaz,a favor dos que necessitam!


Beijos, padre!Um resto de semana muito abençoado!

disse...

estou de volta! obrigado pela sua preocupaçao com a minha pessoa mas ja estou melhor!
abc

Paulo disse...

Também eu, na minha hora de almoço, passo algum tempo na Sé de Angra, não por ser a Sé, mas sim porque é o local mais perto do meu trabalho e ai, entro, sento-me, perto ou longe do sacrário e converso um pouco com Ele. Converso sobre tudo e sobre nada por vezes mas, saio de lá mais calmo, mais tranquilo e com vontade de continuar a segui-Lo. A propósito (sem o ser) lá, na Sé, têm uma musica sacra de fundo, muito ao de leve que quase nos levanta.

hadassah disse...

Não sou católica mas tomo a liberdade de visitar este espaço. Gosto da simplicidade e da sinceridade deste Padre.

Talvez por estar fora do meio, não compreenda esta condição solitária do Padre, de ser colocado no pedestal, acima da condição humana. Sinceramente aflige-me o fardo demasiado pesado que levam nos braços... Com quem é que partilham as sua fraquezas, as suas ansiedades, a sua intimidade(dada por Deus)? Compreendo por isso este espaço...

Porque não hão-de ter direito a ter também os seus momentos "down"?

Os Padres são tão santos e tão pecadores como qualquer ovelha do seu rebalho, essa é a minha opinião... a diferença é que foram escolhidos por Deus para ensinar, conduzir e ajudar os fiéis. Não para substitui-Lo! O Padre não é Deus, porque é que é a ele que
obrigatoriamente se confessam pecados? Terá ele poder para perdoar? No máximo o padre poderá ser um ombro amigo e um conselheiro. Não me parece justo colocar o Padre no pedestal, como se fosse Deus. É um jugo demasiado pesado.

Por isso confessionário padre, estarei aqui com o meu ombro amigo, na condição de tua irmã em Jesus, para te ouvir e compreender qualquer que seja a tua inquietação.

"No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor" I João 4:18

Desculpem...

DVA
Hadassah

malu disse...

Sem dúvida que sim. E eu cada vez mais gosto de o ler.

Abraço.

my live disse...

amigo! eh eh eh

gostei muito, da tua Oração!è linda! e ainda a rezas desde pequenino?

gostei muito da tua visita! Volta sempre!

um abraço do teu amiguinho pequenino, mas amigo!

xau

melinha disse...

mt bem escrito gostei mt :)

mi disse...

é sempre surpreendente a forma como Deus responde quando nós nos oferecemos um bocadinho para além do que é habitual!

Anónimo disse...

eu também gostava muito de o ver!

O melhor dos blogues disse...

Mais um post teu que "roubei" para "O melhor dos blogues".

Sinal que escreves bem!

Ver para crer disse...

Este é um post que vale a pena ler e reler.
Os homens do nosso tempo não se fiam em palavras (estas ecoam por todo o lado) mas deixam-se mover pelo testemunho.

Flôr disse...

BOM DIA Sr. Padre,

Hoje deixo-lhe uma passagem bíblica(uma Bem aventurança):

"Bem-aventurado o homem que encontra sabedoria e o homem que adquire conhecimento, pois é mais valiosa do que ouro e prata".-Prov. 3:13

Um dia cheio de Bençãos para si.
Um abraço no amor de Cristo, da Flor :D

nõnô disse...

ola!

nônô disse...

ola!
Sempre que posso, gosto de dar uma espreitadela a esta janela maravilhosa,que nos tranmite calma e nos proporciona alguns momentos de reflexao.
Gostei desse gesto...
É nobre e dignificante...
Sempre que tenho oportunidade, tambem o faço, embora algumas vezes em spid, mas o que conta é a intençao...
Gostei muito da oraçao e tambem da homilia...
Com tanta terapia!...
Que os dtrs.nao saibam...
beijinho gr.