domingo, dezembro 11, 2011

Que achas das mudanças no "Confessionário"?

Apeteceu-me fazer mudanças cá por casa. As mudanças na minha vida e missão fizeram-me ter esta vontade. Reconheço que até os textos têm trazido algumas diferenças de sentir. Então que a casa seja sinal de todo esse sentir. Novo banner. Nova música. Novas cores. Que achas das mudanças que fiz na "nossa" casa? Reparti a sondagem em três: Que achas do novo banner? Que achas da nova música? Que achas das novas cores? Responde no lado esquerdo, no sidebar.

Podes dar a tua opinião aqui, nos coments. Para saber o significado do novo banner, podes clicar aqui.

19 comentários:

Anónimo disse...

Duas ideias me assomaram, mal fui ver:
1ª- Não gosto dessa dos sapatos...não podem cheirar bem...há outros recursos que exalem perfume. As flores que cheiram bem agradam mais.
2ª Não gosto da cor dominante. Acho-a pesada...como a da nova igreja. Tens de lhe dar a volta. Mais luz e calor.
3ª- Acho bem que encontres outra música de fundo.
E pronto.

Muito bem que vás mudando o visual...
Um abraço e muita força....a causa é muito boa. nem sabes quanto.

luzderafael disse...

Faz muito sentido as mudanças e gostei das mesmas.Estamos sempre mudando,nos renovando,nos reestruturando.Música em destaque reflete o momento e coincidência ou não,mais uma vez;reflete o meu também.Engraçado,descobri este seu blog no fim do ano passado,me identifiquei com os questionamentos e música principalmente e agora no fim de outro ano,estamos novamente a buscar forças através da música,fé,textos,amigos de caminhada que vamos encontrando e reencontrando nesta jornada.Como costumava brincar ,encerro com sua saudação :abraços grandes.LUZ.Observação-não me lembro se já tinha comentado daquela vez que disse que gostava de certas cores,então reforço aqui-o verde é sempre bem vindo(eu gosto muito tbém e tem tudo a ver com o momento).Até,como encerra outro amigo.

Anónimo disse...

Eu gostei padre.
Gostei do novo visual, das cores e especialmente dos sapatos. :) nesses sapatos consegui sentir, com outros olhos, o acolhimento (uma espécie de porta aberta com o letreiro: Bem-vindos), a simplicidade, a humildade e a igualdade.. pois tu bem sabes que nem todos os sapatos são assim, há sapatos lustrosos que cheiram bem pior que os sapatos que colocaste.
só não gostei da música. mas gostei do vídeo. :)

Anónimo disse...

Achei o banner muito profundo e muito interessante, sobretudo depois de ler o seu significado.

A música é fantástica. Só é pena que a mensagem subjacente seja assim, não sei. A letra da música anterior era mais positiva, parece. Mas votei 5*

Anónimo disse...

As cores estão meio esmorecidas como o confessionário...

Rosa disse...

Gostei muito, sinto no que vejo humildade e só nesse caminho se consegue encontrar o caminho de Jesus.
Em tempos confesso tive um certo receio de escrever,porque me parecia um blogue um pouco austero,será essa a palavra?

Porthos disse...

É o azul...

Não gosto do azul forçado sobre a imagem... Tenta lá pôr uma máscara laranja... a ver se resulta.

No entanto, gostei das sandálias e da respectiva justificação.

Mas a mudança é muito positiva... Como sempre ;)

Abraço

Maria Zete disse...

Olá Padre.

Não gostei muito, achei uma imagem um tanto "pesada", algo meio deprimente. Preciso me acostumar.Mesmo assim continuará sendo "meu lugar, minha casa, onde todos podem realmente se encontrar" Grande abraço.

Filha de Maria disse...

A expressão de um sentir... acho que é isto que vejo.

Gostei, porque me transmite aquilo mesmo, que tenho lido e notado, por aqui nos ultimos tempos...

É... mudança!

:)

Anónimo disse...

Olá Padre amigo.
Gosto muito das mudanças que fizeste! São mudanças! Mudanças virtuais que acompanham as mudanças da tua vida sacerdotal, da tua vida sentimental, da tua vida espiritual.
Gosto muito do trabalho que fizeste com esta fotografia que eu tirei. Ficou muito bonita.
Gosto do enquadramento das cores que escolheste.
Gosto particularmente da música. É rica. É inspiradora. É profunda.
Um Natal cheio de Deus.
Abraço.

LPS

HD disse...

As sandalias fazem sentido, as cores demasiado "cinzentas" dá um ar triste ...
Espaço de partilha cristã, deve ser uma mistura de tons quentes e frios, tal como a Natureza.

Teodora disse...

olá pe

padre... aqueles sapatos foram fotografados após as cheias no vale de santarém?! ou à porta de uma...

padre...gosto mais de luís onofre ou loubotin!

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Gostei das mudanças, e sendo seu leitor habitual penso ser esta a primeira vez que comento. E não é bem um comentário que venho fazer, mas mais uma pergunta.

Há dias encontrei na Rua um Padre de Batina. Adorei, e enchi-me de coragem e abordei-o dizendo-lhe " Parabens, gosto de ver um Padre vestido de Padre" ao que este me respondeu: É uma opção que escolhi"

Pergunto ao Senhor Padre : Qual a razão da maior parte dos Sacerdotes ter abandonado quer a Batina quer o Cabeção? Não acha que é util irmos na rua e sabermos que "vai ali um Padre" Já imaginou se os policias deixassem de usar uniforme?

Eu sei Senhor Padre que o "traje não faz o monge" mas ajuda...

Votos de um Santo Natal, e que Deus o tenha sempre na Sua Santa Guarda

Confessionário disse...

Olá, amigo Jose

Não digo que nao deve ser util; porém, às vezes, não é bem sinal daquilo que tu estás a pensar... muito pelo contrário. Não me parece que quem veste batina seja melhor padre que quem não veste. O que diz quem somos são os nossos actos e não a nossa roupa.
Mas eu já tinha escrito sobre isso, amigo: aqui: http://eupadre.blogspot.com/2009/04/o-colarinho-branco.html

Jose Tomaz Mello Breyner disse...

Terá o Senhor Padre provávelmente toda a razão. Eu ainda sou daquele tempo em que éramos ensinados a beijar as mãos consagradas de um Padre, e é assim que ainda hoje cumprimento um Padre quando sei que ele é Padre. Obrigado pelo link para o seu texto sobre este assunto publicado em 2009, e obrigado pois ao lê-lo li também os respectivos comentários, e entre eles está um comentário de um seu colega Sacerdote (JP) que em poucas palavras diz tudo o que eu penso. Respeito todas as opiniões e adorava que os Sacerdotes continuassem a andar vestidos de Sacerdotes. Só espero que esta mania do "civil" não dê aos Policias, pois aí será dificil.

HD disse...

Ser Padre é uma PROFISSÂO?
Ser Padre antes de mais, é uma Vocação.
Com ou sem batina ou cabeção, isto não os faz, mais ou menos Padres...ou seja consagrados a Deus !
Um uniforme serve para anular as diferenças e criar uma imagem unitária, unificada no pensar e agir. Será que o Clero que usa Batina , cabeção, etc , veste toda com o mesmo dress code? Pensa e age toda da mesma forma? È isso que Deus nos pede?
Mais do que parecer, um Sacerdote deve SER, pois como já todos sabem, não é o hábito que faz o Monge.
Um Sacerdote deve antes de mais apresentar-se á comunidade, limpo e asseado, simples no trajar, sem ostentações, nem sobrancerias. Deve ser exemplo de sobriedade, em tudo o que usa.
“A mulher de César não deve ser só honesta, como o deve parecer”
Também é motivo de "escândalo" os Sacerdotes que vestem sempre roupas de marca, usam telemóveis e outros “gadgets” que custam salários , ou carros de alta gama...mesmo que sejam ofertas,(?)Há ofertas que não devemos aceitar, pelos danos colaterais que elas provocam na Missão da Igreja que pertencemos.
Enfim com o devido respeito a todos os gostos e estéticas, já Jesus achava a indumentária irrelevante, tanto que ele nunca se confundiu, com os que possuíam Riqueza e Realeza, quando se tratava de anunciar o Reino...de Deus. Devemos ser Homens e Mulheres do nosso tempo, consagrados a Deus ,construtores do Reino, entre a Humanidade de Boa vontade.
E isso é que é o fundamental!

Anónimo disse...

Oh padre!
Verde esmorecido?
Eheheh eu sabia, mudou-se pro sporting não foi?
A pressão é muita não aguentou, bemvindo ás cores da moda.
Um bom Natal, de preferencia com o pai natal esverdeado.hehe
Pessoalmente gostei muito das mudanças.
Abraço
Luis

Anónimo disse...

Olá Conf. concordo com o sr Tomaz M. Breyner. Sou de uma geração muito mais recente que a deste sr mas concordo com a sua opinião. Afinal porque é que um padre de cabeçao e batina só se vê a partir de uma certa hierarquia?

nonô disse...

ola padre e amigo
eu pessoalmente gosto
muito de mudanças,
nao ficarei muito feliz
se essa mudança nao significar mais bem estar, mas quando nao depende de nos temos que aceitar,

de qualquer modo sempre ouvi dizer;
quem muda Deus o ajuda!.........

um abraçao e continuaçao de boas festas. .