terça-feira, setembro 29, 2015

Queria estar cheio de Deus

Queria estar cheio de Deus. Mas vai uma distância tão grande entre o querer e o estar. Querer é apenas uma etapa. É necessário o fazer por isso. É necessário o viver por isso. É necessário o ser por isso.
Hoje faço esta minha oração ao Senhor, para que Ele faça em mim o que eu não consigo, apesar de querer. Ele que fez tantos milagres, pode fazer mais este milagre em mim. Não peço que me cure. Peço tão somente que me preencha, que me encha. Sei que dificilmente cabe em mim, e que não serei o melhor lugar para Ele habitar. Sei que não mereço a sua presença em mim. Sei que não posso ser seu dono. Sei que não posso nem escondê-lo nem aprisiona-lo em mim. Sei que não é por ser padre que ele me ama, pois me ama em tudo o que sou. Então que me faça a vontade, e que eu possa estar cheio de Deus.

10 comentários:

Coruja Sábia disse...

https://www.youtube.com/watch?v=2XI_ZTtVIHQ

Está música vai descansar o teu coração, talvez seja tudo o que o amigo queira dizer a Deus agora.

Abraços.

Confessionário disse...

Obrigada, Coruja amiga

Anónimo disse...

Linda esta oração.

Diz tanto nas entrelinhas...há dias em que tenho a sensação que fico sempre no querer. Parece-me que de tanto querer estar cheia Dele mais afastada fico. É um sentimento extremamente complexo.

Mas há outros em que O vejo nas coisas mais comuns e pequenas do dia a dia...Nesses dias parece-me tudo tão simples! Nós é que, com esta enorme vontade de ser, complicamos tudo. Deixamos simplesmente de ser, por esta enorme vontade de ser ainda mais.

Esquecemos que, se Lhe entregámos serenamente a nossa vontade o seremos à Sua vontade.

bjito Padre, não compliques demasiado.

Paulina Ramos disse...

"Sei que "
Julgamos saber tantas coisas que frequentemente nos esquecemos da única coisa que realmente importa: Amar
Antes de mais deverias perguntar a ti mesmo se amas.
Pouco importa o que amas se é o vento ou o mar ou mesmo o doce sorriso de uma mulher.
Basta que ames e que nesse amor ponhas tudo o que és... Frágil, forte, pecador enfim tu melhor do que ninguém conhecerás as dores e as alegrias com as quais lidas.
Amigo, basta apenas que conheças essa forma de estar e viver (em amor) para teres a certeza de que Deus está contigo.
" Então que me faça a vontade, e que eu possa estar cheio de Deus." permite-me a observação Ele não faz "vontades" a ninguém mesmo que a vontade seja tão nobre e altruísta como a tua.
Percebo que andarás menos bem, permite que te diga o que ouvi literalmente a semana passada "... Não desanimes, até os maus momentos passam..."
Queria poder dar-te um abraço, sem palavras, um abraço forte muito forte.

Acendi no meu santuário uma vela, simbolize ela a luz que desejo que te inunde e purifique queimando o que te causa mau estar para dar lugar à merecida paz.
Muita força... e fica bem, por favor.

Anónimo disse...

Lindo texto.
Faço minhas as suas palavras, todas mas esta frase!!!

"para que Ele faça em mim o que eu não consigo, apesar de querer"
Bjs
MM

Anónimo disse...

Sr. Padre, proposta de programa para esta soirée:

(Re)Leitura: Carta aos Efésios 3, 16-21.
Local: Interior da sua habitação.
Postura corporal: Descalço e relaxado.
Atitude: Confiança.
Música de fundo: Silêncio à sua escolha.
Antífona: “O Senhor carrega as costas o meu trigo moído e deposita-o no seu silo, porque o seu amor é infinito”

Anónimo disse...

Amor trivial

Amor, amor, amor
És tão grande e afamado
No meio audiovisual
Que até tens tempo de antena
No fim do Telejornal

Amor, amor, amor
És tão doce e pegajoso
Tão dramático e teatral,
Que até eu me comovo
E assoo ao avental

Amor, amor, amor
És tão bom a prometer
Mundos e fundos sem fim
Que se não fosse esta crise
Não haveria desculpa p’ra ti

Amor, amor, amor
És tão lindo e perfumado
Em campanha eleitoral
Que se fosses hoje a votos
Serias o partido maioral

Amor, amor, amor
És tão popular e democrata
A nível sentimental
Que tanto te embeiça a bujeca
Como o elixir bocal

Ai amor, amor, amor
Em poemas e sonetos
Escrituras e mandamentos
Foges tanto ao trivial
Que até a mim, meu malandro,
Tu pareces real

Coruja Sábia disse...

Meu amigo disponha-se, o senhor padre está em minhas orações sempre. Digo isso de coração, porque é verdade. E espero que este teu momento difícil passe logo pela graça do nosso Deus. Amém!

Abraços

Anónimo disse...

É necessário – o viver - por isso»

Cristo disse “Eu sou a porta”. E qual é a atitude que tomamos? Fazemos da vida uma porta giratória. Somos seres rodopiantes. O movimento de um rodopiante é estanque: não avança em direcção alguma. Estafa-se, desfalece, mas não adentra. Vive até que a morte venha, em estonteante revisitação. De modo que o girar de um rodopiante não tem sentido. O mesmo é dizer, que a sua rotação é desnecessária. Nisto radica a causa do seu desespero: sentir que não é necessário viver por isso. Um rodopiante é um automatismo, uma reacção a responsabilidades, rotinas, afazeres, problemas, compulsões, consumismos, imposições e manipulações sociais que enchem mas não preenchem. Num rodopiante não cabe mais nada.
É lógico que um rodopiante que não rodopie não é um rodopiante. Mas isso não anula a possibilidade de ele vir a transformar-se noutro ser. Basta que seja essa a sua vontade e a de mais alguém que o beneficie com um empurrãozinho que o desorbite. Temos que ver, que independentemente de cada situação particular, viver a vida em plenitude é uma motivação universal. Para um rodopiante crente "querer ficar cheio de Deus" pode justificar e fazer significar a sua vida. Mais que isso, pode libertá-lo da sua escravidão actual, orientando-o para o último sentido da sua existência neste planeta, este um astro rodopiante por impulso divino.
O necessário é dar-lhe espaço.

Anónimo disse...

Socorrendo-me da ajuda de um amigo falecido que não morreu para sempre e continua muito bem-falante, uma precisão:

“Querer não é poder. Quem pôde, quis antes de poder só depois de poder. Quem quer nunca há-de poder, porque se perde em querer.”