segunda-feira, abril 18, 2011

Pedi uma Igreja diferente

Foi com esta frase de Jesus que passei a noite. Em algumas ocasiões bati com o pé no cobertor. Tipo chuta na bola que ela vai a rolar. Foi em João que a li. Jesus estava à mesa com os doze. A determinada altura, e para espanto de todos, deitou água numa bacia e toca de lavar os pés dos discípulos. No final diz-lhes para fazerem como Ele, que era o Mestre e Senhor. Fiquei alucinado. Parecia que estava a Seu lado vestido de túnica escura e barba por fazer. Cabelo comprido. Pés barrentos. E não compreendia como era possível que Jesus fizesse ali, a cada um de nós, o gesto humilde dos escravos. Só os escravos lavavam os pés aos seus senhores. Para que vós façais também. O exemplo do serviço humilde. Ainda há dias ouvia falar da opulência do Vaticano, do seu poderio, do poder de muitos hierárquicos. Eu respondia que era a tentação de todos. Mesmo dos cristãos. Usar a Igreja para proveito próprio. Tirar dividendos. Enriquecer. Mandar nos outros. Mas quem não tem essa tentação?! As palavras de Jesus eram para todos os seus discípulos. Não só para os padres. Todos devemos servir o irmão humildemente. Mas reconheço ser a minha e a tentação de tantos outros que ministerialmente são instrumentos de Deus. Por isso sonhei toda a noite. Por isso bati algumas vezes com os pés. Por isso queria uma Igreja mais santa que pecadora. Por isso queria uma Igreja mais do Evangelho que do Magistério. Por isso queria uma Igreja mais dos simples que dos sábios. Por isso queria uma Igreja bem perto de cada um. Por isso rezei pedindo a Deus que me fizesse igual a Ele. Por isso pedi uma Igreja diferente.

15 comentários:

Yue Liang disse...

Quantas vezes partilho desses mesmos pedidos... E quantas vezes me culpo por ser cúmplice dessa Igreja q parece já não ser a de Cristo...

Esta semana na catequese tive que tomar uma decisão. Difícil, mas ao tomá-la pensei no que Jesus faria sem medo dos pregos. Depois de tomada, os últimos dias foram cheios de telefonemas, emails, etc de pessoas que não concordam... Qual será a sua motivação? Não sei. Talvez a melhor, talvez eu esteja errada. Mas acreditei em Jesus Cristo, que me ensina a acreditar nas pessoas, que me ensina que todos merecem uma 2ª oportunidade...

Filha de Maria disse...

Uno-me a si neste seu pedido, que é para todos!

Votos de uma Semana Santa abençoada.

Anónimo disse...

Olá
Boa tarde,
Um post que me tocou profundamente, por causa do meu passado.
Não tenho uma história muito bonita, mas foi o que eu vivi, quem me dera poder modificá-lo...
Tive uma educação cristã, católica.
Desde criança que sinto a Deus de uma forma muito minha... sinto Deus na brisa que sopra, vejo Deus na árvore que frutifica...
Os campos de trigo então... sempre foram uma fonte de reflexão para mim... Sou filha de agricultores.
Afastei-me da igreja católica na minha adolescência, não o deveria ter feito, reconheço-o hoje, enveredei por muitos caminhos para encontrar o Deus da simplicidade, o Deus do sol o Deus do Trigo...
Acredite que durante muitos anos essa opulência de que fala no seu post enraivecia-me, como se Deus fosse propriedade de alguém.
Junto-me a si no seu pedido, peço uma igreja diferente, uma igreja feita de pessoas com o coração inundado de Deus... uma igreja humilde, de entrega e dedicação a todos, inependentemente das necessidades...
Perdoe-me o desabafo mas acho que se tivéssemos uma igreja onde o sacerdote estivesse mais disponivel para as pessoas, evitaria alguma idas ao "psiquiatra" da mente.

Paulina

Number Ten disse...

E uma Igreja melhor virá! Esta é a que temos e que nós temos vindo a construir.Também quero uma melhor, mais próxima dos que sofrem e precisam.Mas como nós somos todos essa Igreja, é aqui e agora que estamos nela e com ela.Todos com as nossas tentações, defeitos.A tentar discernir e aprofundar os porquês.Mas Deus tudo pode.E temos feito tanto caminho.Tenhamos esperança.Santa Páscoa, querido Confessionário.

Maria disse...

Assim é, e assim será. Jesus Cristo deu o exemplo, mas quantos mesmo dentro da Santa Igreja por Ele fundada conseguimos uma tão grande humildade? Exemplo dado pelo próprio Filho de Deus. Ah! se os homens fossem mais humildes, como o mundo seria diferente, como haveria menos perseguições por causa da fé, como haveria menos fome de Deus e de pão, como haveria mais justiça, mais equidade, menos sofrimento. Como as pessoas não morriam sózinhas, como o amor ao próximo faria felizes tantos e tantos marginalizados da vida e das nações. Como as crianças não seriam abusadas e abortadas, como não haveria guerras e ganância...
Meu caro padre desejo-lhe uma Santa Páscoa na humildade que Ele nos ensinou. Beijinho.
Maria

Anónimo disse...

Parece-me que foi com Paulo que os ensinamentos de Cristo começaram a ficar distorcidos...a igreja católica prega muita coisa, e faz o contrário do que prega(igreja é dinheiro, Cristo é pobreza por ex.). Por isso é que a fé de muita gente foi esvaindo-se com o tempo.
Simone.

Moçambicano disse...

Olá, Caro Amigo P.e "Confessionário".
Olá a Tod@s quant@s por aqui costumam passar.

Não tenho comentado, mas tenho estado atento.
E nesta Semana tão especial para nós Cristãos, não posso deixar de me unir a este Pedido.

Uma Boa Semana Santa para Tod@s!

Um abraço amigo.

Moçambicano

Teodora disse...

pedir uma igreja diferente é pedir um mundo diferente.

o mundo é como o Homem e Deus quer.

é preciso saber espererar, morrer, nascer, aprender a esperar, morrer...

como dizia o rei salomão olhando o seu anel: tudo passa.

entretanto, se não passa: fluoxetina, castilium, alprazolam mylam ... só coisas lícitas, pouco tóxicas para o fígado.

podemos ainda coadjuvar com umas boas colheitas do douro , dão e alentejo , podendo passar pelos espumantes e terras do sado - estes têm feito um bom esforço! apostem nos produtos portugueses!

os da madeira não porque o bertinho das ilhas tem-nos comido as papas na tola e vá roubar outros que por cá já temos ladrões que chegue.

porreiro pá, de vez em quando está-se bem.

Anónimo disse...

OLa confessionario.Concordo em absoluto com tudo o que escreve no texto. Sinto tantas vezes o mesmo desencanto.Mas não será esta a igreja que merecemos? Quantas vezes fazemos aquilo que achamos certo sem perguntar a Deus o que é que Ele quer realmente que façamos? A mudança deve começar em cada um de nós. Não peço uma igreja nova, mas peço muitas vezes a Deus que me dê um coração novo. Uma santa Páscoa.Beijinhos Maria Ana.

Anónimo disse...

Olá Sr.Padre,ainda está desse lado? Já há tanto tempo que não se lhe vê nenhum comentário aos nossos comentários que já sinto a sua falta. Serei só eu? Não acredito! Bem sei esta semana é particularmente afadigada.Mas diga qualquer coisa.Sabem sempre tão bem as suas palavras.Beijinhos Maria Ana.

Confessionário disse...

Olá, amiga Maria Ana

Não é desta semana, mas destas últimas semanas. E tb não é só das Confissões (dizem sempre que nesta altura os padres andam mais ocupados por causa das confissões!).

Ando muito esgotado! Esgotadíssimo. Só isso, que já é demasiado. Mas esta semana tenho de arranjar mesmo forças... Vou falar com Ele!

Anónimo disse...

Eu compreendo e não me espanta nada esse "andar esgotadissimo" uma vez que é comum a grande parte dos sacerdotes nesta altura do ano. E sim é uma optima ideia recorrer a Ele. Mas cuidado, veja lá se Ele lhe responde como a Marta. Padre Padre andas inquieto com muitas coisas e uma só interessa. Ás vezes vamos á lã e vimos tosquiados. Desculpe sr. Padre mas é só para o animar um bocadinho. Com um sorriso o caminho fica mais fácil. Beijinhos Maria Ana.

D. R. disse...

Também peço uma Igreja diferente.

Mas dou graças... Porque nem em todos os lugares há esse poderio... Também se consegue sentir a verdade da religião, a verdade de Deus... O amor aos mais simples, a oração...

Onde vivo, consigo sentir isto. E é isto que me deixa feliz... Haja esperança no meio do mundo. Eu tento mudar um bocadinho do mundo. Um bocadinho minúsculo, é certo. Mas se cada um de nós mudasse um bocadinho pequenino, muitas diferenças se fariam notar....

Beijinho. E espero que tenha tido uma Santa Páscoa... :) Páscoa essa que se prolonga agora.. :)

Clara disse...

Parabéns Ismael pela tua profundidade. Também gostava de uma Igreja assim, em que todos fossemos mais humildes e confiantes no Senhor, que nunca falha.
Com amizade
Clara Cardão

diogo da silva disse...

Então os Srs. queriam uma igreja mais humilde?

Devo lembrá-los que a opulência e a beleza que vejo no Vaticano é uma das mais belas que conheço.

Sei o que Jesus pregava, a respeito da humildade, porém interpreto-a como a humildade de coração.

E a beleza e as luzes de Roma são uma lâmpada para o mundo inteiro, um símbolo da nossa fé.