segunda-feira, janeiro 06, 2014

dois braços [poema 1]

Um dos meus braços agarra-me
O outro agarra o primeiro
São dois braços que tenho,
O que me agarra e é agarrado
E o outro.
Não quero estar apenas agarrado
Ao meu sacerdócio, a mim
A mim que sou e sou sacerdote
Quero estar agarrado a Deus
Por isso tenho dois braços

10 comentários:

Moçambicano disse...

Caro Amigo P.e Confessionário:

Sei bem que, no seu caso, querer estar "agarrado a Deus" é também uma forma de querer estar "agarrado aos/às Outr@s".
Força!

Um forte Abraço.

Moçambicano

Moçambicano disse...

A Cruz tem 2 "eixos" (4 "braços"):
- Um (2 "braços") a unir a Humanidade com Deus;
- Outro - 2 braços -, a unir a Humanidade entre si.
Quando uma Espiritualidade esquece um destes "eixos", deixa de ser plenamente Cristã.

Continuação de Bom Ano Novo!

Um forte Abraço a Tod@s que por aqui passam.

Moçambicano

Anónimo disse...

Bom dia!
Parabéns por esta nova cara.
Parabéns por este poema.
Parece-me agora com este poema que o blog ficou completo.
Também tenho dois braços, e quero estar agarrada não só a Deus mas também agarrada a esta vida.
É a única que conheço mais ou menos bem, e quero dar-lhe o melhor de mim.

Anónimo disse...

Gosto muito de ver o confessionário em poesia. Não conhecia esta sua vertente, mas já ganhou uma fã.

Anónimo disse...

Também não conhecia esta faceta de poeta, mas está muito bem.
É o complemento que faltava.
Mais uma fã.
MM

Ana Melo disse...

É uma “maquina” tão bonita!!! o corpo humano!!! Quem criou???

Que não faltem os braços, esses, que seguram mãos. Mãos que se deem. Mãos que regacem mangas, SE NECESSARIO. Do sacerdote! do homem, também de nós todos, para fazer a vida acontecer, ao jeito de JESUS CRISTO.

Ana Melo disse...

Bom Ano/2014 – o blog novo! está bonito (já me esqueci com era o velho!!!)

Ruth Bassi disse...

Caro Padre,
Gostei muito do seu poema. Esta sua nova faceta encanta e completa o conteúdo habitual do blog.
Quanto ao novo aspecto gráfico também acho que se apresenta mais dinâmico e apelativo. Enfim, pode-se dizer que o blog iniciou 2014 duma forma muito feliz e que, certamente, vai manter ao longo do ano.
Um grande abraço
Ruth

Maneta disse...

Fiquei triste...

Anónimo disse...

09 Janeiro, 2014 12:46
Não precisas de ter duas, basta-te uma para agarrar... :)