sábado, julho 10, 2010

Cumpri tudo

O Afonso veio de fora. Veio para marcar o casamento com a Susana. Apresentaram-se-me os dois à porta de casa para por os pontos nos is, que é como quem diz, para acertar o que houver de acertar. Queriam casar e precisavam saber o que era preciso. Cumpri tudo, diz o noivo. Referia-se ao baptismo, à primeira comunhão, à profissão de fé, ao crisma. Escrevo com letra pequena porque me pareceu que ele falou com letra pequena. Fiz a catequese até ao décimo ano. Faz parte deste grupo que, cada vez, se torna mais minoritário. Por isso, sorria. Cumpri tudo, padre. Ao que eu perguntei se não faltava alguma coisa. E ao que ele respondeu que tinha razão. Faltava o casamento.
E com a resposta, com tudo o que cumpriu, e com o significado da palavra cumprir, fiquei sem saber se tinha aquilo que deve ter um cristão que decide realizar este sacramento do matrimónio, ou outro, com verdade.

16 comentários:

Canela disse...

"Cumpri tudo" - Também eu "cumpri tudo", e um dia afastei-me de DEUS, do Seu Amor, da Igreja!

Eu havia cumprido tudo, mas na verdade não tinha VIVIDO nada do que tinha cumprido. Foi muito mais á frente, após a Graça do Matrimónio, após a Graça da maternidade... após ter "gasto todas as graças", tal e qual o filho pródigo que vendo-se faminto pensa no regresso a casa do seu Pai... e foi no regresso á Casa do Pai, sentindo o Seu abraço e vivendo a festa e recebendo presentes, que vivi o que já havia "cumprido"... nunca sabemos quando e como cada coração se abre á Graça do Amor de DEUS!

Creio que o Cristão autêntico, nunca cumpriu tudo!

A Paz de Cristo

Teodora disse...

Pois eu sei de um que, segundo reclamação expressa pela queixosa, não crumpia.

Certo dia, uma docente de meia-idade (logo, com idade para ter tino!) junto do portão da escola onde trabalhava, esbracejava e bramia em direcção a um seu colega: "...tem casa, roupa lavada e comida na mesa e ainda por cima não cumpre!"

Pelo que se soube, o senhor era criatura pouco dada a estabilidades e, como tinha de dar a pensão de 3 filhas de um casamento mais as despesas dele, o dinheiro nunca chegava. Ora sendo a criatura de longe rranjou uma solução, tinha-se alojado na casa da colega. E não cumpria!

Clara Margaça disse...

É tão dificil compreender os Seus sinais...
Porém, tenho para mim que falta muito para cumprir Aquilo que Ele espera de mim, de nós...

Anónimo disse...

Sim tantas são aqueles que "cumprem tudo", sem sequer se aperceberem o que é o tudo, os seus porquês, os seus significados...

Talvez falte deixar as hipocrisias e "cumprir tudo" não por cumprir mas por verdade...

Teodora disse...

E outra coisa padre acerca dos incumprimentos: ando há já uns bons tempos a observar e parece-me que anda muito marido a não cumprir.

A minha teoria assenta na forma despida e algo ordinária de como muita esposa e mãe de filhos se apresenta e o ar de total indiferença com que os ricos as olham mas não as vêem.

Ainda hoje no parque de estacionamento da igreja, um casal e seus rebentos entravam no carro vindos do interior da igreja. Pareceu-me ter havido casamento. A dita dama apresentava-se numa versão achinesada de Audrey Hepburn. Vestido demasiado curto às bolas grandes e rodado (infelizmente para senhora não estava vento, ela bem que rodava para ver se ele se erguia – nada! Já nem a saia se levanta!), tão curto que quando se flectiu para ajudar a criança a entrar no carro avistei-lhe a cueca. Tudo aquilo era uma mistura de sapatos de praia linha Parfois com modelitos festivos achinocados anos 50. (até me surpreendeu porque conheço a criatura e até considero-a possuidora algum bom gosto – deve ser do problema!)

Vá lá que sabia caminhar de saltos, pois há quem não saiba ou os calos dificultem. Há sempre o braço do cônjuge para apoiar no gingar!

Que feliz e saltitante ela estava. Ela toda, pelo que percebi. O marido nem a via. Se calhar foi o olhar do senhor padre?! Ou seria o arrumador?! É lixado quando a auto-estima está em baixo! As loucuras que uma mulher pode fazer!!!

Outras, chegam aos 40 e tornam-se loiras platinadas, exibem os coxões e braçolas. Já para não falar nos decotes exagerados.

Senhores… trata-se de um grito de desespero. É como no suicídio, antes da coisa acontecer há sinais e é preciso saber lê-los. Depois não digam que o corno é o último a saber, porque elas avisaram vocês é que não ouviram.

P.S Declaro que nada tenho contra o loiro platinado, devo inclusivamente assumir que já usei o cabelo de muitas cores - com contenção, pois sou uma senhora de bom gosto. Haja recato! Noites temáticas, conhecem?! Perucas?!

Carla Isabel disse...

pois...parece que tem o dever cumprido...espero que no coração também.

Bjs

Fora-da-lei disse...

Também cumpri o que a Igreja quis até ser maior de idade.A partir daí quem mandou em mim fui eu...:)
Já não casei pela Igreja,porque me fartei de tanta lei e tanta regra imposta pelos humanos,porque a lei do AMOR,essa é que consta,há 34 anos que estou casada pelo civil e chega.
Cumprir verdadeiramente o AMOR é que custa,porque tem sempre o valor supremo da redenção,o que a malta de hoje não está disposta a sofrer,por dá lá aquela palha largam-se a acabasse os cumprimentos todos..rsrs

Anónimo disse...

"Cumpri tudo, diz o noivo. Referia-se ao baptismo, à primeira comunhão, à profissão de fé, ao crisma "
Pe. tirei este parte porque achei interessante, este CUMPRI, ao baptismo á primeira comunhão, (Eucaristia), é profissão de fé e á confirmação, mas em Deus e na religião catolico, todos os domingos se renova a Primeira Comunhão, todos os domingos existe a Boa Nova de Nosso Senhor Jesus Cristo, e temos todos os dias uma missão a cumprir.Este senhor parece-me com aqueles que me dissem eu cá já fiz tudo, tenho já tudo.Parece que vou ao supermercado e compro o cabaz de sacramentos e pronto paguei e já tenho um cabaz de "TUDO".Meu Deus como o nosso cristianismo está tão cheio de tradições do ter tudo, do cumprir tudo,Jesus também podia dizer no Calvário " já cumpri tudo, tudo está consumado", e pronto, terminou a sua missão, mas isso não aconteceu, porque tivemos a sua Ressurreicção, a sua Ascensão ao Céu, e sua descida de Pentecostes (o Espirito Santo), e a Santissima Trindade(Pai, Filho e Espirito Santo).O nosso povo precisa de saber saboriar cada Eucaristia, como o proprio Cristo a dar-se como na ultima Ceia, e mais saber saborear a propria palavra de Deus ( a Biblia ).Por isso temos o cristianismo, do já tenho tudo, já cumpri tudo, andei 10anos na catequese e pronto.Deixo aqui umas perguntas: Será que nós Catequistas, Padres, Pais estamos a dar um bom testemunho de continuidade de transmitir o valor de ser cristão? Estamos a preparar bem os nossos futuros catolicos, semeamos bem a semente?Quando levamos os filhos ao baptismo, temos consciência, de que temos que dar um testemunho de catequizar, rezar,celebrar, e compromisso de saber aprofundar mais de Cristo?...Obrigado Padre, e continue no seu "Cumpri Tudo", em cada Eucaristia...

Anónimo disse...

ola sr . padre mais uma vez adorei a sua historia e acho que ainda hoje se vai a igreja nao porque se quer pedir a bençao do Senhor para o amor que setem um pelo outro , mas antes como se fosse um habito e uma tradiçao que se tem que cumprir claro que ainda ha escepcoes que nos fazem acreditar mas palavras maravilhosas que o Senhor disse.« por isso o homem deixara pai e mae , para se unir a sua esposa e os dois seram uma so carne«, isto sim e o verdeiro amor .

JS disse...

Faz lembrar o evangelho do jovem rico. Também ele cumpria os mandamentos, desde a sua meninice. Segundo Jesus, faltava-lhe uma coisa...

Anónimo disse...

Olá!

Encontrei esta frase, penso que é o seu caso......

"Os preguiçosos estão sempre a falar do que tencionam fazer, do que hão-de realizar; aqueles que verdadeiramente fazem alguma coisa não têm tempo de falar nem sequer do que fazem"

Dias muito ocupados!!!!!??????

Um abraço!

Alexandra

Teodora disse...

Ó sr. padre

o senhor fugiu com uma fátima e deixou-nos práqui abandonados.

eu todos os dias consulto o correio da manhã para saber notícias de um novo padre que tenha fugido com uma nova fátima.

ó padre, já agora, sabe se o seu colega e a sua respectiva fátima ainda estão em lua de mel ou se já despertaram para a realidade?


é que se ainda estão em lua de mel eu vou ao crisma e mude-me de teodora para fátima!

Confessionário disse...

O´lá a todos. heheheh
Estou de facto bastante ocupado. Bem teno escrever qualquer coisa, mas parece que o tempo foge entre os dedos! nesta altura do ano é sempre assim. Mas prometo uma novidade em breve (o que conseguir fazer que seja em breve lol). Um história inacabada para o pessoal acabar. que acaham?

então até ao tal breve

Canela disse...

Breve Pe. C.?

Bom... já puxei uma cadeirita, eheheh!

Até ao tal breve! lol

sónia disse...

sem dúvida, uma boa ideia, sr. padre!

bj

Anónimo disse...

Olá
Foi incutido na nossa mentalidade a ideia de que a igreja faz o compromisso...
Na minha opinião, o Amor acontece, Deus dá a certeza do sentimento e o sacerdote ministra a benção...
O compromisso está dentro de nós, quando assim não é acontece o caso, descaso, e até o caso com a vizinha mesmo continuando casado pela igreja.
Parabéns Padre
Mais um magnifico post.
Pr