quinta-feira, dezembro 24, 2009

Estamos nas mãos de Deus

Há dias assim. Dias que nos tocam por dentro. Para o bem ou para o mal. Foi assim hoje, um dia antes do Natal. Acordei com vontade de sorrir e mostrar que o menino que celebramos faz sorrir. Mas ao longo do dia, entre as centenas de mensagens de Natal do telemóvel, chegaram outras que me fizeram sofrer. Ou porque o padre não fez como devia. Ou porque o padre devia ter feito. Ou porque o padre assim. Ou porque o padre assado. A hora da missa. O dia da missa. A celebração tal. A bênção tal. A Elvirinha que está nos cuidados intensivos. Ouvi sempre como se uma agulha me fosse espetada sem razão, motivo ou vontade. E assim foi crescendo em mim uma adversidade às coisas e à vida. Há dias assim.
Mas o Joaquim ligou-me. A sogra já tinha regressado do Hospital. Prometera ir lá a casa visitá-la e confessá-la nesta época. Entretanto, no dia em que me dispunha fazê-lo, dera entrada no hospital. Hoje estava em casa e o genro telefonara a dizer para me informar. Ou para pedir enquanto informava. Fui. Estava na cama com muitas dores. Premeditara sorrir para a vida, para que ela não entendesse as agulhas que tinha espetadas. Mas não aconteceu. O sorriso saiu-me natural porque olhei para ela e isso bastou. Perguntei se tinha muitas dores. Acenou que sim. Mas falou que estava nas mãos de Deus. Abri mais ainda o sorriso. Nada melhor que no dia de Natal estarmos nas mãos de Deus. E falei. Pois tenho a certeza que este vai ser o melhor momento deste meu Natal. Confessei-a. Conversámos. Rimos. Sempre aumentando e abrindo o meu sorriso. De facto, num dia em que se celebra a Vida, o Amor, a Felicidade que Deus nos promete, nos traz, e encarna no Seu Filho, nada melhor do que sentir que estamos nas mãos de Deus. Mesmo que seja a sofrer. No final contei-lhe que tinha sido o melhor momento do meu dia. Ela disse que também para ela o tinha sido. Agora já era Natal. E para mim também. Porque neste Natal descobri mais uma vez que estamos nas mãos de Deus!
_____________________________
Aproveito para desejar a todos, penitentes, amigos, menos amigos, anónimos, menos anónimos, um Natal nas mãos de Deus!

26 comentários:

bunny disse...

Santo Natal!

Renascer disse...

Santo Natal com as bênçãos de Deus!
Zé Gusmão

elsa nyny disse...

Feliz Natal para ti!!!

E Parabéns aos Confessionário que faz anitos...!!

Bjtsssssssssssss

Anónimo disse...

Santo e Feliz Natal!

Isabel Mota disse...

Santo Natal para todos. As melhoras paea os que estão doentes ou em recuperação e... continuaçãod e Boas Festas. Isabel Mota

disse...

Nesta época estamos particularmente vulneráveis e qualquer coisita menos agradável que ouçamos faz demasiado eco dentro de nós...
Não desista de mostrar o sorriso de Jesus, Padre!

Boas Festas!

António Valério,sj disse...

O natal é a esperança e a alegria em todas as circunstâncias da vida. No sofrimento e no despojamento acontece verdadeiramente o mistério da encarnação. Obrigado por esta partilha, ajuda a centrar no essencial. Rezo pela sua missão, que o Deus da paz e da alegria sempre o mova interiormente. Bom natal!

Obidense disse...

sr.padre gostei desta sua mensagem assim vale a pena viver o natal , pois so Deus tem essa capacidade de transformar a nossa vida . um santo e feliz natal para si e va escrevendo no blog.

Canela disse...

Só agora venho aqui, pq tenho tido problemas em entrar nos blogs.

A Paz

CJovem disse...

Presença. proximidade, escuta, uma mão estendida, um olhar de afecto... no carinho do Deus humanado.

Continuação de bom Natal para ti também, e um 2010 abençoado.

Possato Jr. disse...

Olá!!!

Ainda sinto um amargor em tuas palavras, como se realmente estivesses em pé-de-guerra com alguns leigos e leigas de tua Paróquia, mas pelo menos vejo que não perdeste o foco!

De fato, é pelos pequeninos do Reino que vale a pena continuar nossa missão!

A ideia de São Francisco de Assis, de refazer a cena natalícia num presépio, foi original e muito significativa para a sua época! Mas entender o Natal, hoje, precisa de algo mais: Faz-se mister olharmos para os pequeninos e enxergar Jesus, que também foi um pequenino em uma manjedoura!

Paz e Bem!!!

Confessionário disse...

Olá, amigos

Venho apenas dizer que Elvirinha já faleceu. Curiosamente, faleceu no dia de Natal!!! Doeue, mas foi mais uma prova de Deus neste Natal!

concha disse...

Olá Confessionário!
Só hoje tive vontade de alargar mais a passagem pelos blogs da minha preferência.Sofri uma queimadura com alguma gravidade no braço direito e foi sem dúvida um sinal fortíssimo na minha vida nesta época.
Aproveito para lhe desejar um 2010
com concretizações pessoais e na missão que exerce, sempre em paz e alegria.

Moçambicano disse...

Olá a Tod@s!

Espero que tenham passado

Um Bom Natal

E que tenham

Um Ano Novo

Cheio de sonhos realizados e de surpresas agradáveis!

Um abraço ao Amigo P.e "Confessionário"

E outro para Tod@s @s que por aqui passam!

Moçambicano

P.S.: As melhoras, Amiga "Concha"

sónia disse...

Estamos, sem dúvida, sempre nas mãos de Deus!
Só que muitas vezes nos esquecemos disso..
afinal de contas somos humanos, mas Ele nunca se esquece de nós, por pior que as coisas corram!
Este post é prova disso :)

um bj e um feliz 2010, sempre nas mãos de Deus!

Carla Isabel disse...

Meu amigo,

Com já estamos no ano novo, venho aqui desejar-lhe um ano 2010 cheio de coisas maravilhosas, estamos todos nas mãos de Deus!

Bjs

concha disse...

Muito obrigada amigo Moçambicano.
Um abraço com votos de que este ano seja pleno em saúde,paz e alegria e também Amor que contém tudo

Luisinha disse...

Olá Padre!
Venho deixar-te um desafio, passa no meu blog para veres do que se trata, se quiseres aceitar seria giro! :)
Beijinhos!
Paz e Bem
Luisinha

Renascer disse...

Olá Amigo!
Tem uma prendinha para si no meu blogue!
Abraço na Paz de Cristo
Zé Gusmão

Anónimo disse...

Bom dia,
sinto falta dos seus "posts", que nunca me deixam indiferente. Um bom ano com muita Graça (que essa nos basta).
Obrigado por estar aí

Anónimo disse...

Genial dispatch and this enter helped me alot in my college assignement. Gratefulness you for your information.

Fernando Vouga disse...

Caro amigo

Espero que me perdoe a ironia.
Eu acho que, para nossa desgraça, estamos nas mãos do cidadão Pinto de Sousa...

Anónimo disse...

Um mês sem escrever!?!?!
Que se passa Padre?
Coragem!
Partilhe connosco o que lhe vai na alma!
Queremos um post por semama.
Força.

Abraço.
LPS

Confessionário disse...

Ó LPS, não sei que se passa comigo, mas tenho andado numa indisponibilidade de tempo e de vontade que é uma coisa louca. Eu que tinha prometido a mim mesmo este ano sacerdotal dedicar-me mais a este espaço... e nao o tenho conseguido. Imaginei mudar layout. Mas nada. Não é que tenha mais trabalho que nos anos anteriores. Apenas tenho a meu cargo um estagiário. Não sei se isso tem interferido! Tenho até alguns textos escritos ou meio escritos. Mas nao me tem dado para isto. Tive desejo de editar mesmo um livro com alghuns destes posts. Mas tb nem isso.
Peço desculpa a todos. Eu vou voltar em força. Só não sei quando!

Fá disse...

O pessoal à porta do Confessionário e o padre de férias por tempo indeterminado... Admite-se lá! Ou isto muda ou o caldo entorna-se...

Os seus penitentes já merecem umas palavritas mesmo escritas sobre o joelho... Vá, dê cá a mão e... upa!

São tão chatinhos, graças a Deus...

Fatima disse...

Querido amigo Padre, como é importate, nós, desse outro lado, lembrar, que vcs padres, são seres humanos como nós ... Afinetadas doem muito !!!!
Adorei o novo look do seu blog. Saudades.
Aqui no Brasil eu tinha um padre amigo, que costumava me confessar, mas ele não tem mais tempo, não quer mais, eu até procuro entender, porém estou sem um confessor, o que me aconselha? Posso me confessar diretamente com Deus antes da Páscoa? bjs amigo.